Estou me preparando para sumir

Todos os dias fico pensando o que eu estou esperando para sumir, juntar todos  meus pedaços de coragem e deixar de ser aquilo que todos esperam que eu seja, deixar de ser somente uma pintura bonita de se ver.

Mas não digo aquela coragem que as vezes nos atacam de supetão, que nos ataca quando colocamos nossas cabeças no travesseiro antes de dormir, quero dizer aquela coragem que nos inspiram, que nos fazem imaginar, criar mundos, coragem de voar os céus que se deseja. Eu preciso de um pouco mais do mundo, para os outros isso é coisa de gente louca, gente perdida na vida, no mundo. A verdade é que me cansei de viver nesse mundo aonde o que mais importa é a aparência, como você se veste, o que você tem, cansei de ouvir regras que de uma sociedade que eu tenho de seguir, de uma sociedade que não me acolhe do jeito que desejo, eu preciso perder o meu ‘mundinho’ para realmente ganhar o mundo.

E ganhar o mundo não se refere a ter dinheiro, ou o carro do ano, ir em festas, me refiro a ter admiração pelas minhas atitudes, pelo meus amores sejam eles livros, musicas,viagens ou pessoas. É conseguir me olhar no espelho, e ter certeza de que eu me enfrentei, sem medo. É ganhar corações mesmo que não sejam para sempre, é ser uma memória boa para aquele que um dia amamos, é ser lembrada por uma coisa boa que  fizemos por alguém, é perder algumas coisas para quem sabe, lá na frente, varolizá-las.

É viajar para longe, um lugar totalmente desconhecido, com pessoas desconhecidas, enfrentar a cultura de quem não sabemos  nada, é colocar todos os seus desejos em seu coração e sair por aí deixando de escanteio o que os outros falam, até porque o que os outros falam, é só o que os outros falam, e eles falam tanto…

Chega uma idade, um certo momento em que nos questionamos quem somos, o  que estamos construindo e para onde iremos,  no que realmente sou bom, qual minha missão no mundo, o que eu quero, o que estou fazendo, isso é certo ou errado? Perguntas essas que parecem um caminho sem fim.

Eu quero sumir, e isso não é nem de longe se esconder do mundo ou das pessoas a minha volta, nem fugir dos problemas, das obrigações ou dos amores que nos criaram cicatrizes e por ali ficaram. Sumir é querer me encontrar em mundo em que ainda não vivi, tentar descobrir porque preciso de pré-requisitos para ser feliz. É querer ser alegria, longe de viver de aparências, porque não tenho um carro, ou moro em um apartamento de alto padrão em um bairro bom, estou querendo sumir porque estou sendo feliz longe do senso comum, longe do que ‘eles’ esperam de mim, longe do que todos queriam que eu fosse e eu tive a audácia de ser simplesmente eu.

Se eu sinto medo? Muito, todos os dias. Se eu acho que isso é loucura e deveria ficar aqui, sem me questionar tanto, até porque largar a segurança que se tem é algo doloroso?  Muitas vezes,todo santo dia. Mas e se talvez não largar essa tal ‘segurança’ pode tornar mais  doloroso ainda. Mas todos os dias me pergunto se a vida é só isso mesmo, e tenho certeza que não. De que não se resume em ser essa busca incessante por uma casa,um trabalho,um carro,uma conta com milhões no banco. Não, a vida não pode se resumir a isso.

Por isso quero sumir, quero encontrar um mundo novo, quero viver histórias novas, viver momentos em que não precise ter dinheiro ou ser bem sucedido, encontrar pessoas de bom coração, que saibam o que importa na vida, que a vida realmente importa, e não se resume a coisas materiais ou ao quanto de dinheiro você tem no banco, quero encontrar um mundo aonde as pessoas sonhem, aonde as pessoas se contentem em ver o nascer do dia e sejam gratas por isso, um mundo aonde as pessoas se aceitem e aceitem conviver com as diferenças do outro, que respeitem outro, a diversidade, um mundo aonde as pessoas tenham descoberto que o amor é melhor caminho de se viver a vida, de que amar o próximo , seja quem for é uma obrigação, e que não é difícil, um mundo aonde as pessoas conheçam o poder da gratidão, um mundo aonde as pessoas queiram que a cada dia esse mundo seja melhor, aonde esqueçam das suas dores, aonde saibam perdoar e seguir em frente, um mundo aonde as pessoas não usem máscaras, aonde as pessoas sejam reais e tragam em seu coração bondade, coisas positivas, aonde as pessoas acreditem em milagres, pois eles existem, aonde acreditem em mágica, pois a vida é uma coisa mágica, aonde acreditem que só se dando amor a vida melhora, e esse amor retornará. Um mundo aonde as pessoas tenham a coragem de sumir quando se sentirem aprisionadas, que quando sentirem que precisam encontrar um motivo a mais para a existência tenham a persistência de seguir esse desejo ,aonde as pessoas nunca parem de questionar, nunca parem de querer um futuro melhor. Aonde nunca parem de buscar o amor.

Eu estou me preparando para sumir para esse mundo, o mundo é você quem faz, a sua vida é você quem dita as regras, eu vou fugir para esse mundo, se ele não existir, vou criá-lo pois sou capaz de qualquer coisa, e estou cansada desse mundo de aparências.

Vou começar uma viagem sem fim em busca do melhor.

sozinha

Kaka Padilha

 

 

 

 

 

Advertisements

Leave a Reply

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s