O Amor não morre, ele se cansa.

Não é porque um relacionamento acabou que o amor também tenha acabado, existem muitos fatores que cooperam para a incompatibilidade entre duas pessoas em um relacionamento e assim vai as afastando aos poucos.

Você pode até não aceitar que acabou, pode estar tentando tapar o sol com a peneira, eu sempre digo para as pessoas não desistirem nunca de seus amores, porque eu acredito que momentos difíceis passam, mas não é só isso, o momento difícil pode passar, mas quando você não enxerga mais essa pessoa como era antes, e isso acontece porque ao decorrer do relacionamento, cada atitude negativa vai cansando, vai matando aos poucos o nosso amor, o amor não morre, mas ele se cansa, e quando isso acontece não tem para  onde correr. Você pode tentar dar um tempo pra colocar as ideais no lugar, mas isso pode não funcionar.

Um dia a vida chega e muda todos os móveis de lugar. Abre as cortinas e pede que as vistas caminhem por outros cantos. Um dia qualquer, sem pretensões, podemos ser tocados pelo amor e por todos seus desdobramentos. E o amor é tão imenso e apinhado de significados que mesmo quando aquele que amamos não está fisicamente ao nosso lado, podemos levá-lo conosco naquele avesso particular e infinito que nos habita.

Eu sei que o medo corroí, o se desprender se uma pessoa amada doí, mas só as pessoas que amam de verdade, e que já tentaram de tudo, conseguem deixar esse amor, e aí é quando você percebe que você realmente amou e ama essa pessoa, pois você esta dando a liberdade a ela, ( “liberdade”: liberdade de amar o outro e suas decisões, independente delas serem contrárias às nossas e liberdade de deixar-se transformar pela vida e pelo amor que há nela, independentemente de qualquer coisa. ) – Você esta a deixando seguir o seu caminho, e não se preocupe, se essa pessoa tiver de voltar para a sua vida, o tempo se encarregará disso.

Abir mão de quem amamos e daquilo que  éramos  quando estávamos com essa pessoa, é desafio demais para a gente. Só conseguiremos  fazê-lo quando o amor for tão grande que ele nos dê coragem pra dizer adeus. Quando temos essa coragem de dizer Adeus é o momento em que mais amamos uma pessoa.

Amor não precisa da matéria e da física para existir. Mesmo sem ver essa pessoa, sem tocá-la, continuamos a amá-la.

 E assim pela primeira vez descobrimos o que é amor genuíno, sem posse. O amor é luz que ilumina e cura a dor que fica ao ter que se dizer adeus. Amor não é ter, é ser. 

desesperanza-300x290

Kaka Padilha

Advertisements

Leave a Reply

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s