Ao Amor Próprio.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Escute a vida e o universo que sempre conspiram a seu favor,  as coisas só começaram a dar certo quando você verdadeiramente se amar , porque se você não conseguir fazer isso por si mesmo ninguém poderá. O amor próprio é o mais bonito que existe , é aquele amor que não precisa de nada e ninguém para sobreviver, é aquele que se sobre-sai sozinho sobre tudo e todos,  aquele que pode passar terremotos, tsunamis e ele continua ali, intacto. Se você diz que você pode amar outras pessoas porque não pode amar a si mesmo? Ou existe uma contradição ai? Você só diz que ama, mas na verdade não sabe o que é o amor, porque não ama nem a si mesmo.

Mas, vamos lá, amar a si mesmo não é tão difícil assim, fomos feitos exatamente da forma que tinha de ser feito, com os defeitos ou não, temos de aprender a olhar no espelho e amarmo-nos , até os defeitos , pois eles estarão sempre ali.

Amar a si mesmo é o começo de um romance para toda a vida. – Oscar Wilde

Muitas vezes somos impostos a rótulos da sociedade de que temos de ser assim ou acolá , mas a verdade é que temos de ser da forma que nos faz feliz, se não estamos fazendo mal a ninguém, melhor ainda. Muitas pessoas têm medo de mostrar quem elas são de verdade por medo de não serem aceitas, mas não é preciso ter esse medo bobo, temos sempre de sermos verdadeiros.  Segundo Carl Rogers, “a raiz dos problemas de muitas pessoas é que elas se desprezam, e se consideram seres sem valor e indignos desejem amados. Digo mais uma vez, precisamos mais uma vez nos aceitarmos da maneira que somos,  não ter nenhuma apreciação distorcida de si próprio, não pensar que não é bom o bastante , não ter a auto-estima baixa, eu sei que escrevendo é fácil falar, mas não pense que eu não sofra isso também todos os dias, o amor próprio me falta alguns dias, mas eu tento mantê-lo sempre ali.

Estou passando pela fase mais difícil de minha vida, tenho depressão, e estou no meu quarto mês em uma clinica de reabilitação me curando de um outro vício, não é fácil, me olhar no espelho e ver o que os remédios fazem comigo, incham meu rosto, me dão espinha, eu que sempre fui magra, hoje fora do meu peso, por conta de remédios também, meu intestino não funcionando desde que entrei aqui, precisando ir ao medico fazer lavagem, amor próprio me falta as vezes , mas é preciso mantê-lo sempre ali, do lado, não só amor , sempre fazer tudo com bondade, gratidão, ser sempre gentil, ajudar a quem precisa mais que você, uma palavra de conforto as vezes é tudo o que uma pessoa precisa.

Ame-se, ajude aos outros a amarem-se também, espalhe amor.

Karen Padilha

Advertisements
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×
%d bloggers like this: