Se você quer descobrir os segredos do Universo, pense em termos de energia, frequência e vibração.

Energia é um termo  muito comum no nosso vocabulário e é empregado  com muitos adjetivos: energia elétrica, energia nuclear, energia química, energia solar, entre outros. Mas poucas pessoas compreendem o que realmente é energia.

O nosso universo é composto de dois elementos principais: matéria e energia. O primeiro é fácil de conceituar (pelo menos à primeira vista), pois a matéria é tangível e visível ao nosso olhar. Podemos tocá-la, senti-la e observá-la diretamente. Já a energia é algo abstrato, que somente percebemos quando está em um processo de transformação.  

Embora esteja localizado a cerca de 150 milhões de quilômetros da Terra, o Sol é nossa principal fonte de energia.

No grego ENERGEIA, “operação, atividade”, de ENERGOS, “ativo, trabalhador”, formada por EN, “em”, + ERGON, “trabalho, ação”. Para os gregos, o que formava a energia antes dela mesma, enquanto energia elétrica, era o trabalho. Mas também se refere à relação de troca mútua entre dois entes, segundo as grandezas físicas e do momento. Entes ou sistemas que trocam energia e momento, um inter-relacionamento mútuo de sistemas geralmente associados à capacidade de produzir trabalho ou uma ação. 

A energia surge da desagregação da matéria, e a matéria nada mais é do que um tipo de energia condensada! Existem vários tipos de manifestações energéticas, com diferentes intensidades e vibrações, em diferentes espaços e em diferentes escalas temporais. O agrupamento dos átomos, segundo uma determinada arquitetura, depende de fatores que não são inteiramente do nosso conhecimento. Estas energias estão conectadas com as Energias Benéficas do Universo, que também contribuem para o ordenamento dos elementos que formam as inúmeras galáxias e mundos presentes por todo o nosso Cosmos. Afinal de contas, também somos feitos da poeira e da energia das estrelas! Então tudo o que podemos considerar até agora é que nós, assim como o universo, somos seres energéticos. Todos interligados pela mesma fonte, a energia. Esta engenharia energética segue padrões que estão muito além da compreensão dos seres materiais e seguem princípios que dizem respeito apenas aos seres energéticos, que os compreendem melhor. Seres energéticos são aqueles que compreendem a estrutura da energia acerca de sua vida. A energia é o que forma sua consciência, portanto tem atuação direta ao seu bem estar. Um exemplo pragmático é a influência de energias positivas e negativas oriundas dos mais determinados locais, ou também a influência daquele que consome energia com aquele que troca energia. Lembrando que a energia sofre o que chamamos de inter-relacionamento, a troca dela entre dois entes é o que determina isso, podendo ela ser positiva ou não. http://filosofiadocotidiano.org/o-universo-energetico/

Falar de energia talvez não seja algo concreto, pois estamos falando de algo que não podemos ver, apenas sentir. 

Abra seus horizontes e entenda o quanto a energia pode influenciar nossas vidas.

Karen Padilha

Advertisements