Descontrole.

A vida tem várias cores e sabores . 

Azul, verde , e toda as cores da aquarela. Algumas vezes ela nos presenteia com um arco-íris.

Doce, amargo e salgado.

Ela parece brincar com a gente, quando parece que esta tudo colorido, quando sai um arco-íris para nos encher de esperanças de que agora as coisas estão em seu devido lugar e só vão melhorar, que nada pode acontecer porque está tudo tão incrivelmente bem que parece que nada pode estragar, a tal vida nos surpreende e deixa tudo preto, perdemos a visão , a consciência , falamos e fazemos coisas que não queríamos fazer, mas que as circunstâncias nos levaram a fazer. 

A dor que sentimos, o sentimento de enganação, de tolice, e ao mesmo tempo tentamos manter a nossa crença de que o que esta acontecendo não pode estar acontecendo, queremos acreditar que quem esta mentindo para nós , na verdade , não esta mentindo. Está falando a verdade , e que é tudo loucura da nossa cabeça . 

Queremos acreditar nisso porque a dor que sentimos é menor do que aquela dor de quando descobrimos que a  pessoa que amamos mais que tudo , mentiu, omitiu, ou o que seja, para nós. 

Queremos acreditar que o que está na nossa cabeça é tudo loucura de uma mulher desvairada e louca , cega de amor, ciúme, sentimento de posse, que deixou ser controlada pela outra pessoa. E essa pessoa tem o poder então de nos fazer a pessoa mais feliz do mundo e ao mesmo tempo com a mesma facilidade acabar com toda a nossa felicidade e nos deixar em um mar de lágrimas, chorando, soluçando , querendo se rasgar por dentro, porque o que passa pela nossa cabeça numa hora dessas são as piores coisas, e isso tudo corroí nossa pele, nosso corpo, corroí todo o nosso ser. 

Amar alguém é como a vida, tem várias cores e vários sabores. Pode ser o melhor e o pior. Não temos controle. Ou quando tentamos manter o controle, vem a vida e mostra que quando amamos demais não adianta nada tentar. 

O sangue sobe pelas nossas veias, a cabeça esquenta, a tristeza aperta no peito, nos perguntamos: será mesmo que isso é possível ? será que ele tem mesmo a capacidade de fazer tal coisa comigo? e por mais que tentemos pensar que não, que não é possível, alguma coisa dentro de nós nos avisa que sim, que as pessoas são capazes de tudo. De magoar a pessoa que ama , que a ama de volta com todo o amor que tem dentro de si. 

Não é possível controlar a dor de quando um coração é partido, da mentira descoberta, da enganação, do sentimento de não ser o bastante, do sentimento de saber que se descontrolou, falou coisas que não quer que aconteça, mas falamos, por raiva, decepção, por não querer fazer papel de trouxa . 

É didicil controlar um coração partido, é difícil nos controlarmos quando todas as cores coloridas se vão embora e só resta a escuridão. 

Sabemos que isso vai passar, que é um momento, mas dentro desse momento vivemos uma eternidade que parece não ter fim.

Sabemos que já passamos por isso antes, e que vamos passar novamente. Mas mesmo assim, com o rosto coberto de lágrimas, jogada no chão sentada e chorando, pedimos para Deus para que isso não nos aconteça novamente. E junto com esses pedidos ainda pedimos para que mesmo assim, não nos leve embora a pessoa que apesar de tudo, colore a nossa vida e nos faz acreditar em dias em que tudo isso vá passar para sempre, e ai só vão existir as cores cheias de vida e os melhores sabores que a vida e o amor tem.

Não é fácil amar, não existe o amor certo e  errado.

Amor é amor, e às vezes só nos resta a dor. 

Dor passageira, mas necessária. 

E assim vamos vivendo. Quando tudo parecer escuro e nossas esperanças acabado, é preciso lembrar das razões que nos fizeram acreditar no início de tudo e acreditar novamente.

Karen Padilha

 

 

 

 

Advertisements