Publicado em Deixe um comentário

O significado que você dá ao amor nunca será igual ao de outra pessoa, e é isso o que torna o amor extraordinariamente flexível.

‘O amor é inexplicável, da mesma forma que as estrelas que vagam pelo céu. O amor não se explica o amor não se julga o amor apenas se vive.” – Wilton Lazarotto

 

Amor significa coisas diferentes para pessoas diferentes e isso é realmente uma coisa linda. O amor não precisa ser definido e colocado em uma caixa preta e branca na qual todos concordamos. Não, em vez disso, o amor pode ser o que for para cada um de nós.

É assim que acontece com muitas das melhores coisas da vida.

Se você vê uma foto que realmente gosta, vai significar algo diferente para você do que para mim. Haverá algo sobre isso que fala com você. Pode ser a luz, pode ser o ângulo, pode ser como os diferentes elementos se juntam. Pode lembrá-lo de algo ou acionar uma memória antiga. Pode ser uma ou todas essas coisas. O que importa é que você experimente o sentimento que essa fotografia te passar de maneira diferente da minha. A imagem em si é a mesma, mas a maneira como ambos a vemos e damos sentido, nos faz entender que não podemos ter o mesmo sentimento e dar o mesmo significado sobre determinada coisa.

O mesmo vale para a música. As notas, letras ou batidas são objetivamente as mesmas. No entanto, alguns aspectos apenas atingem o ouvido de forma diferente. Às vezes um refrão só vai atrair você. Isso vai te atingir em um nível mais profundo. Essa música vai ficar com você por um tempo, até que seu cérebro termine com isso e então você vai parando de pensar com o tempo. No entanto, essa música significa algo para você que não significa para ninguém mais.

Eu acredito que o mesmo vale para o amor.

Ninguém nos forçaria a interpretar uma fotografia da mesma maneira, seria ridículo sugerir que todos concordem com a mesma música. Da mesma forma, eu não acho que temos que concordar em amar.

O amor pode ter um significado diferente para cada um de nós, e é isso o que torna o amor extraordinariamente flexível.

Pode significar coisas diferentes para pessoas diferentes, podemos experimentar o amor de várias maneiras durante diferentes partes de nossas vidas.

O amor é um mistério.

Está acima do que nossos pequenos cérebros podem entender completamente. O amor pertence à categoria do indescritível. E, desse ponto de vista, é um pouco mais claro por que é tão importante se abrir e ouvir a experiência de amor de outra pessoa. O amor que eles experimentaram também está disponível para você. Nós podemos aprender sobre o amor um do outro.

Com tudo isso dito, há maneiras comuns pelas quais as pessoas apontam ou tentam definir o amor.

Algumas pessoas vêem isso como um processo humano que é melhor entendido como altruísmo. Outras pessoas vêem o amor como um nível mais alto de consciência humana que nos conecta a todos. Ainda outros vêem o amor de um quadro espiritual ou religioso.

Alguns dos temas comuns em todas essas formas diferentes de compreender o amor incluem benevolência, compaixão, misericórdia, bondade, validação, encorajamento, generosidade e consistência. Essas palavras podem parecer abstratas ou distantes, mas entender o que elas significam para você pode trazê-las à vida.

Seja qual for a maneira como você concebe o amor, se você vê e experimenta isso do seu lado, trabalhando ativamente em prol do seu bem e do bem de todos nós, é capaz de trazer um propósito maior para sua vida e de outras pessoas também.

Crescer e superar as dificuldades é, em grande parte, correr riscos e enfrentar desafios dolorosos. Se você acha que o universo possui uma certa segurança para você, você está mais disposto a assumir esses riscos. E, se você está procurando por amor, é muito mais provável que você o encontre!

Você não precisa forçar o amor. Não é algo que você possa fazer acontecer. O amor já está acontecendo ao seu redor. O primeiro passo é simplesmente aprender a perceber isso.

Temos 144.000 bits de informação que atingem nosso cérebro diariamente. Há constantes puxões e empurrões para nossa atenção. Além disso, muitos de nós temos padrões de pensamento bem usados que nos levam a nos concentrar em coisas que nos deixam preocupados ou aparentemente confirmam nossos medos. Esses padrões podem parecer automáticos ou como acontecem fora do controle consciente. Esses estressores são reais. A boa notícia é que temos controle sobre nossa atenção e podemos optar por nos concentrar em coisas mais edificantes.

Muitos de vocês podem se lembrar de quando você ou sua família compraram um carro novo. Uma das primeiras coisas que você percebe é quantas pessoas têm o mesmo carro que você. Não foi um monte de gente que saiu e comprou o carro antes de você. Não, você não * as * viu antes porque não estava procurando por elas. Agora que você tem o carro, você percebe.

Muitas vezes é assim com amor. Muitos de nós têm muito amor revelado em nossa vida, mas não podemos vê-los porque não estamos procurando por eles.

No final do dia, antes de dormir, anote rapidamente todas as maneiras pelas quais o amor chegou até você.

Você não precisa entrar em detalhes. Mesmo descrições de uma palavra estão bem. Você só quer começar a perceber como o amor está afetando você no seu dia a dia. O amor é também uma frequência.

Você começa com a frequência 1 (abra e compartilhe o que está em seu coração), que faz a ponte para a frequência 2 (sintonizar com o amor). Todos as outras frequências estão conectadas e saem da frequência 2.

Você pode trabalhar em uma frequência diferente, mas para acessar uma outra frequência  você deve passar pela frequência 2. Por quê?
Porque o amor é central.

O amor está no trabalho em sua vida. É paciente, gentil e compassivo. Funciona através dos seus relacionamentos e dos eventos que o cercam. Não te apressa. O amor acredita em você. Isso irá fortalecê-lo e ajudá-lo a enfrentar os desafios em cada etapa do caminho. O amor tem suas costas e sua vida tem um propósito.

Karen Padilha

Publicado em Deixe um comentário

Nós só aprendemos a viver, vivendo..

Nós só aprendemos a viver, vivendo… É tão óbvio falar isso, não? Mas muitas pessoas ainda não tem plena consciência disso.

Só aprendermos a não errar, errando.  Aprendemos com os tropeços que damos ao longo da vida e é nossa escolha aprender com eles ou não.  Escolhemos crescer e ser melhor a partir disso.

Alguns momentos precisamos passar por situações onde a única coisa que podemos fazer é nos recolher e pensar na forma como estamos vivendo, qual nosso propósito, o que queremos, aonde queremos chegar e se estamos agindo ou apenas ”sonhando”, se estamos apenas ”sonhando”, é preciso começar a agir.

Ninguém pode realizar seus sonhos por você, ninguém pode viver sua vida, fazer as coisas acontecerem se não você. Você é quem rege sua vida.

Dito isso te instigo a se perguntar, quem está no controle da sua vida?

Talvez você tenha adormecido e deixado que outra pessoa controle sua vida, ou está desanimado, mas é hora de acordar e tomar o controle do que é seu.

O que te impede de viver? Vá de encontro a isso, se desafie, não deixe que nada te impeça de ser o que quer.

Aquilo que mais tememos se torna aquilo que desejamos. Precisamos ter consciência disso e não deixar que o medo nos paralise.

O medo pode ser bom e ao mesmo tempo pode nos paralisar por completo, temos de conhecer nossos medos e usar ao nosso favor.

Precisamos ir em busca daquilo que somos verdadeiramente, conhecer nossos sentimentos, angústias, mágoas e tudo aquilo que de alguma forma não nos deixa seguir em frente com o coração leve.

Viver a nossa verdade, nossa essência requer coragem.

Você é a mão sagrada no mundo, o que você faz?

Somos nós quem criamos nossa vida, criamos o céu e o inferno , nós quem criamos essa diferença em nossa vida. 

Você pode escolher fazer da sua vida um céu ou um inferno …. Talvez não tenha percebido que apenas nossos pés toquem no chão da terra mas todo nosso corpo esta no céu. 

Precisamos apreciar a vida, as pequenas coisas, as dádivas que nos são concebidas. 

Buscarmos ser melhor a cada novo dia, amar uns aos outros, amar nossa vida pois ela é muito preciosa e ninguém é culpado pela coisas que nos acontecem. 

Temos um exercício diário de buscarmos o equilíbrio da vida, assim viveremos bem e em harmonia.

Karen Padilha

Publicado em Deixe um comentário

Qual é idéia fundamental do Niilismo criada por Nietzsche?

Estive nesses últimos dias lendo muito sobre as obras de Friedrich Nietzsche, sua biografia e tudo o mais. 

Sempre tive esse interesse por entender seus pensamentos, embora seja um tanto quanto difícil, me entristece muito a maneira como ele foi julgado louco, insano, passou um tempo em um sanatório após ter vivido um colapso que acabou com todas as suas habilidades.

Mas uma das coisas que mais me cativou, foi aquilo que ele chama de NIILISMO, que se trata da negação de quaisquer valores, referindo a ele mesmo como uma negação da vida, ele acredita  em valores que não se confirmam na realidade,  deixa de viver o agora em favor de uma suposta vida futura (num paraíso cristão ou numa sociedade ideal anarquista).

Para Nietzsche, a crença nas categorias da razão nos faz acreditar num mundo que precisa ser visto por meio de falsas referências e convenhamos que esse pensamento não tem nada de errado.

Vivemos em um mundo aonde sempre estamos a procura de sentido para alguma coisa quando na verdade esse sentido não existe, somos ensinados a viver na sociedade , a vestirmos máscaras para sermos aceitos, a criarmos falsas vidas, histórias e um falso mundo. Às vezes penso que somos como marionetes .

Para muitas pessoas não será fácil compreender o que estou dizendo, mas me encaixo totalmente nesse pensamento de Nietzsche.

Nós negamos o mundo real por um mundo superior, seguimos regras para ter o privilégio de viver aquilo que seria a realidade verdadeira, o paraíso, o outro mundo. Por outro lado temos uma reação ao mundo imperfeito. Sabemos que não é o mundo ideal como deveria ser, por isso, deve ser outra forma, para ser de outra forma, vivemos  a vida como se outra realidade fosse possível no agora, embora o agora me mostre constantemente que a realidade atual é a única possível e nos acomodamos com isso.

O mundo é visto como sendo somente o presente, a lógica que rege a vida cotidiana é a lógica presente, envolve o indivíduo agindo sobre o mundo, mas este mundo não tem nenhum sentido e isso faz entender a impossibilidade de um futuro ideal.

O Niilismo me deixa muito intrigada embora de identifique muito. É preciso muita leitura, muito estudo para entender Friedrich Nietzsche, pois a forma como ele escreve não é a mais fácil de se compreender. 

”Ninguém pode construir em teu lugar as pontes que precisarás passar, para atravessar o rio da vida – ninguém, exceto tu, só tu.
Existem, por certo, atalhos sem números, e pontes, e semideuses que se oferecerão para levar-te além do rio; mas isso te custaria a tua própria pessoa; tu te hipotecarias e te perderias.
Existe no mundo um único caminho por onde só tu podes passar.
Onde leva? Não perguntes, segue-o!” – Friedrich Nietzsche

Karen Padilha

 

Publicado em Deixe um comentário

O importante é não parar de questionar. A curiosidade tem sua própria razão de existir. Einstein

Estou sempre buscando a cada dia que passa mais e mais conhecimento em áreas que me agradam, às vezes são tantas informações que penso que minha mente vai travar.

Gosto muito de filosofia, leio muito sobre filósofos e suas teorias, são tantas , uma mais interessante que a outra e chego a pensar que essas pessoas não eram seres humanos, me pergunto de onde todo esse conhecimento, teorias sobre a vida e tudo o mais vieram.

Eu paro de ler e fico por horas estagnada me fazendo milhões de  perguntas.

O que percebo em todos esses filósofos que leio sobre e pesquiso é que sempre estão em busca de uma única resposta para a seguinte pergunta : porque existimos? .

 Garanto que não são só eles que questionam isso, todos nós também, embora nunca ninguém tenha achado uma resposta plausível .

São sempre teorias em cima de teorias, todas bem elaboradas e inteligentes, mas nunca uma que confirme o que está sendo dito.

Mas porque essa nossa busca incessante por saber qual o propósito de estarmos vivos? Estar vivo já não é o bastante?

Para algumas pessoas pode ser que sim, para  outras como eu, não .

Eu me questiono todos os dias qual é a razão de tudo isso, tudo o que existe, o universo, de onde viemos, do que somos feitos, porque temos sentimentos , porque precisamos comer, trabalhar, tomar banho, ter amigos, família, ter uma imagem legal perante a sociedade e muitas outras coisas.

Ninguém me entende, todos acham que sou louca ou que estou drogada, mas não. 

Einstein disse: ”O importante é não parar de questionar. A curiosidade tem sua própria razão de existir.”

Se existe nesse mundo qualquer razão para existir, a minha é nunca parar de questionar. 

Certas vezes paro para pensar em como estou vivendo e como outras pessoas também vivem e pode ser loucura, mas sinto como se fossemos marionetes nesse vasto e lindo mundo. 

Temos hábitos que são quase todos iguais, saímos de manhã para trabalhar e voltamos a noite, nos sentamos na mesa com nossas famílias e jantamos, depois tomamos banho e vamos dormir ou fazemos sexo para aliviar o stress para no próximo dia repetir tudo novamente. 

Não quero dizer que a vida seja só isso, quero dizer que inconscientemente somos treinados pela sociedade para seguir um padrão e muitas vezes não é isso que queremos.

Quando temos coragem de expor nossas idéias e nossas crenças somos chamados de loucos, assim como aconteceu com o brilhante Friedrich Nietzsche,  George Berkeley e tantos outros que tiveram coragem de falar o que queriam e compartilhar seu pensamento com o mundo. 

A princípio suas ideias e teorias não foram aceitas, no entanto, no mundo atual contribui muito para nossa sabedoria e eles são reconhecidos como gênios.

Afinal, o mundo é uma ilusão mas aprendemos a viver nessa ilusão ?

Karen Padilha

 

Publicado em

A paz que se encontra no perdão.

Muitas vezes nos enganamos quando o assunto é perdão. Quem realmente é digno do nosso perdão?

Nós mesmos por termos permitido que alguém nos magoassem ou aqueles que nos magoaram?

É ai que vem a confusão mental, pois ninguém faz algo sem  nosso consentimento. Também não devemos nos sentir mal por algo que não estava nos nossos planos ter acontecido.

Ao longo da nossa jornada vamos descobrindo que um dos maiores erros que cometemos é o de nos privar de fazer o que queremos com medo do que pode ou não acontecer, afinal, se nunca arriscarmos, nunca saberemos ao certo.

Devemos nos arriscar, fazer o que temos vontade, vamos sim errar algumas vezes ou muitas (faz parte), mas a cada erro, um aprendizado que levaremos para sempre.

Pensamos que o perdão é para a outra pessoa quando na verdade é para nós mesmos. Perdão é a paz que sentimos quando liberamos toda a culpa que sentimos, e assim como todo processo de cura precisa de treinamento para o alcançarmos, o perdão também precisa.

Não se trata de fingir que algo não aconteceu, ou acharmos que podemos esquecer, trata de nos livrarmos de tais pensamentos e emoções negativas, trata-se de entendimento, amadurecimento, de identificarmos nossa mágoa, a fonte de toda dor e ressentimentos, reconhecer que temos emoções dolorosas em relação a isso e ao reconhecermos tais emoções, permitir que estas fluam para fora.

Não precisamos nos julgar, nos sentirmos culpados, porque não podemos mudar o que aconteceu. Apenas podemos mudar nossa atitude e permitir que a cura seja feita.

Sinta-se livre para perdoar a si mesmo, tenha compaixão e empatia por si mesmo. Tenha gratidão por ser capaz de perdoar, pois nem todos conseguem ou podem levar muito tempo para que realmente consigam.

O perdão pode ser uma das formas mais poderosas de amadurecimento, você se sentirá mais forte que antes, mais leve, livre e emocionalmente realizado.

A pessoa que mais precisa do perdão somos nós mesmos.

“Você tem de compreender uma coisa: a iluminação não é uma fuga da dor, mas uma compreensão da dor, uma compreensão da sua angústia e da sua infelicidade – não é um disfarce nem uma substituição, mas uma profunda compreensão. “Porque é que eu sou infeliz, porque é que existe em mim tanta infelicidade e tanta angústia, o que é que em mim, está a causar isto? Ao ver estas causas claramente, você liberta-se delas.”

Karen Padilha

Publicado em

Aprenda a desenvolver e a reconhecer os seus poderes para ler a energia dos outros, e se proteger dos perigos.

Aprendendo a reconhecer e desenvolver nossos poderes…

‘’ O Universo funciona como um espelho e tudo aquilo que transmitimos, retorna para nós amplificado’’. – Carl Sagan

Cada um de nós possuímos habilidade e poderes psíquicos que nos ajudam a condicionar nossa mente em direção aos nossos objetivos. Mas, como estar ciente destes poderes que temos?

Todos nós temos os 5 sentidos, é claro; visão, olfato, audição, tato e paladar.

Outras pessoas mais elevadas espiritualmente possuem o que chamamos de sexto sentido, antes da era da tecnologia, quando éramos pessoas mais naturais e espirituais, tínhamos um sexto sentido ou percepção sutil, como é chamado na comunidade espiritual.

Esse sentido existia por causa de nossa conexão natural e respeito pelo mundo e toda a vida dentro dele, não tínhamos nenhuma tecnologia para nos distrair e entorpecer esse sentido. Agora, tudo o que criamos envia sinais eletrônicos que afastam nossa atenção do mundo natural e espiritual. Também interfere e até bloqueia as conexões importantes que existem na vida. É uma habilidade que todos os seres vivos têm dentro deles, todos os animais têm isso porque nunca deixaram o mundo natural e espiritual, é por isso que quando há perigo, eles são os primeiros a saber e os primeiros a sair.

Essa habilidade é muito especial, pois permite que aqueles que a controlam controlem a energia ao seu redor e a canalizem para um poder que eles podem usar para influenciar seu ambiente e, finalmente, ajudar os outros.

Existem muitas formas diferentes desse poder psíquico que podem ser usadas, algumas pessoas optam por se concentrar em um especificamente ou em todos os poderes.

Vou tentar deixar uma breve explicação detalhada e diferentes formas de habilidades psíquicas e como desenvolvê-las , te ajudar a ler e usar a energia ao seu redor .

Com esse conhecimento e prática, você pode melhorar sua habilidade psíquica, aproximar-se tanto do mundo espiritual quanto natural e usar seus novos poderes para encontrar conforto na vida que você vive agora.

Leia a energia da vida …

Cada objeto, criatura e lugar neste mundo tem uma energia em torno dele, pode haver semelhanças entre as energias, mas elas são todas muito diferentes umas das outras.

As energias vêm em três formas principais; chi, chakra e aura. Cada uma diferente e única uma da outra, mas ainda profundamente entrelaçadas e conectadas. São essas forças que controlam toda a energia.

Eu vou explicar cada um destes para que você possa entender melhor como a energia funciona. Mas primeiro quero que você entenda que a energia de todas as coisas no mundo é composta de vibrações ao seu redor. Este mana vital e espiritual pode ser sentido através de padrões, sua pele, seus pensamentos e até mesmo a comida que você come.

Alguns paranormais como os investigadores criminais psíquicos profissionais usam roupas para encontrar uma pessoa, porque acreditam que ela tem mais energia da pessoa do que um objeto não utilizado, conectam-se com o mana vital do objeto para encontrar alguém.

Algumas energias mantêm dentro delas a felicidade, o riso, o desejo, o amor, a amizade, etc.

O que a energia existe depende completamente das experiências que aconteceram no ambiente. Se uma pessoa cresceu em uma família amorosa e desenvolveu um relacionamento forte com sua família, trabalhou no emprego dos sonhos e começou sua própria família, é provável que ela seja totalmente positiva, desde que seja feliz.

O tão famoso chakra que muito ouvimos falar, também é uma energia dentro de nós e é composta de várias energias conhecidas como chakras.

Eles são a Raiz, o Sacro, o Plexo Solar, o Coração, a Garganta, o Terceiro Olho e o Chacra Coronário, os quais afetam uma parte diferente de nós em diferentes maneiras.

O seu chakra é a base de quem você é e que energias existem dentro de você. Se o seu chakra estiver bloqueado, a sua energia não fluirá; por outro lado, se o seu chakra estiver aberto demais, será mais difícil controlar suas emoções.

A próxima coisa que quero falar é da nossa aura.

Sua aura é sua força de vida, elas são um no mesmo. É uma esfera de pura energia que circula todo o seu corpo e também gosta de chakra, tem várias contrapartes ou camadas neste instante. A camada Etheric, Emotional, Mental, Astral, Etheric Template, Celestial e Ketheric Template.

Uma aura pode ter muitas cores diferentes dependendo da pessoa, com cada cor significando algo diferente. Para ler uma aura você deve primeiro encontrar alguém para ler. Peça a essa pessoa para ficar na frente de um fundo branco em branco e parado. Comece a se concentrar em uma parte dele, de preferência seu rosto. Concentre-se especificamente em suas visões periféricas, pois é onde a aura aparecerá. A cor pode ser branca no começo, mas depois de um minuto, ela muda para a cor verdadeira da aura.

Agora, vamos ver o que cada cor significa especificamente sobre uma pessoa:

– Alguém com uma aura vermelha tem uma personalidade forte. Eles podem ser enérgicos, entusiastas, aventureiros e competitivos e, em geral, querem ser o número um em qualquer coisa que façam.

– Uma aura amarela é alguém altamente inteligente. Eles escolhem seus amigos cuidadosamente e irradiam confiança, ficar na frente de multidões também não é um problema para eles. Os amarelos podem ser líderes naturais, mas também tendem a desistir quando as coisas ficam difíceis.

– Aqueles com auras cor de rosa são pessoas atenciosas. Moralistas e gentis com todos, demonstram amor e permanecem leais a seus amigos, familiares e parceiros e geralmente não defendem a injustiça.

– Aura azul está associada a uma forte comunicação. Eles podem ser carismáticos e procurar resolver problemas, eles também são considerados pacificadores e geralmente equilibram os prós e contras para tomar decisões difíceis.

– Pessoas com uma aura verde são do tipo artístico. Eles encontram felicidade em cozinhar e ser criativo. Eles podem ser perfeccionistas em tudo o que fazem, mas ao mesmo tempo são realistas.

– A aura laranja é uma pessoa com um coração gentil, eles são pessoas boas e honestas, eles também podem ser impacientes e rápidos para terminar relacionamentos.

– As auras roxas são sensíveis e mais sintonizadas com a natureza, dizem que elas são infelizes no amor, mas inteiramente dedicadas ao seu casamento quando as encontram.

– O ouro é independente e como estilos de vida pródigos, eles são fortes em suas palavras e tendem a ser obsessivos por sua beleza, não querendo mostrar a menor falha em sua aparência.

Se você fizer o que eu disse a alguém e conseguir ver a aura dessa pessoa, você verá quem eles realmente são, e você desenvolverá essa habilidade psíquica ainda mais!

A forma final de energia para olhar é o seu Chi. O Chi está em toda parte, ele se move ao redor do mundo com o ar que você respira, existe tanto o chi bom quanto o mau, então, para ter certeza de que você tem um bom chi, você deve viver sua vida positivamente.

Agora vou explicar a você como desenvolver a capacidade de ler energias.

Com isso você será capaz de perceber quando algo está prestes a acontecer ou ver no passado ou futuro, apesar de não saber, tudo depende de como a energia do meio se conecta com a sua energia, e quão fortes são suas habilidades psíquicas.

Para ler uma energia, basta tocar um objeto com as mãos, esse toque estabelece uma conexão espiritual com o médium e permite que suas energias se conectem e se unam temporariamente.

Isso é conhecido como psicometria.

Tocando um objeto, você pode lê-lo e sua história, com esse conhecimento você pode encontrar respostas para perguntas específicas que tenha, desde que as questões e o objeto estejam relacionados.

Para desenvolver essa habilidade, você deve seguir alguns passos que exigem outra pessoa. O primeiro é encontrar um lugar tranquilo onde você possa se concentrar. Qualquer distração só enfraquecerá e atrapalhará a conexão que você compartilhará com o objeto e impedirá que você veja com clareza.

Depois de encontrar um lugar calmo, simplesmente sente-se no chão, feche os olhos e fique quieto. Coloque as mãos nas pernas com as mãos juntas, palmas voltadas para o céu e peça a alguém para colocar um objeto em suas mãos. Você não deve conhecer o objeto e deve ser algo que o proprietário tenha tido por um longo tempo.

Limpe sua mente e permita que seus sentidos sejam ativados, sentimentos, imagens, sons. Diga o que primeiro vem à sua mente com o objeto ainda em suas mãos, este é o trabalho de seus poderes, livre da lógica do cérebro e verdadeiramente agindo em espírito.

As imagens ou sentimentos que você tem podem parecer nada, mas podem ser muito relevantes para o proprietário. Quero que você saiba que enquanto tocar um objeto é a melhor maneira de se conectar à sua energia e ver dentro dela, não é o único caminho. À medida que você pratica mais e mais a cada dia, você se sentirá mais forte e mais conectado às energias ao seu redor. Você não precisará mais se concentrar tanto quanto antes.

Quando você perceber essa mudança em suas habilidades, poderá começar a usar uma técnica mais avançada para se conectar à energia de um objeto.

Peça a alguém para esconder um objeto de você, não toque no objeto e não olhe para ele. Eu quero que você fique cego em sua busca e realmente confie em seus poderes para ajudá-lo com isso. Visualize-se conectando-se com a energia dos objetos e use-a como um farol para encontrá-la. Pergunte a si mesmo se o objeto está escondido em algo ou não, escondido acima ou abaixo, a resposta que vem a você primeiro é o seu sexto sentido te guiando.

Ainda assim é importante lembrar que todo mundo tem dentro de si um certo nível de habilidade psíquica. Mas há apenas algumas poucas pessoas que, com as instruções corretas, poderão usar esses poderes para desenvolver essas habilidades e fortalecê-las.

Habilidades psíquicas e intuitivas são uma forma de cura espiritual. Elas podem ser desenvolvidas usando práticas espirituais como a meditação, yoga, o mantra respiratório e várias atividades que estão diretamente ligadas aos poderes do mundo psíquico.

Duas coisas devem ser consideradas: algumas técnicas visam ajudar a desenvolver habilidades psíquicas de alguém, enquanto outras ajudam as pessoas a trabalhar para alcançar seus objetivos.

Vou deixar umas dicas de como aprender a usar as técnicas . Ao desenvolver suas habilidades psíquicas, você será capaz de obter iluminação, quando digo a palavra iluminação, eu quero que você entenda este conceito, então, vou contar tudo sobre isso antes de dar os primeiros passos que você precisa fazer para alcançar este objetivo. sentimento espiritual.

A ideia por trás da sua capacidade de desenvolver o seu senso de iluminação é que você precisa ter uma boa capacidade de saúde mental e espiritual, para que possa realmente sentir os sentidos que irão superá-lo à medida que sua iluminação se desenvolve.

Sua iluminação espiritual, quando se trata de desenvolver suas habilidades psíquicas, é uma maneira de você despertar sua alma. E sua alma é sua parte espiritual de ser um humano, um animal … é imortal e continua em suas próximas vidas. Esta iluminação … esse despertar espiritual … é exatamente o que ajuda você a desenvolver sua capacidade de ler as energias ao seu redor e em outros mundos e como desenvolver sua maneira de ler; situações, mentes, atmosferas.

Esta é uma parte muito importante para que você desenvolva suas habilidades psíquicas, pois você precisará estar em sintonia com cada uma dessas áreas para sentir seus poderes começarem a se desenvolver. A rapidez com que você pode desenvolver seus poderes depende da freqüência com que você pratica e com que frequência você é capaz de usar as técnicas que irá desenvolver em sua vida diária sempre que puder.

Com isso, você será capaz de se conectar com as coisas e as pessoas em um nível muito mais profundo e espiritual para que você possa fortalecer sua compreensão de tudo ao seu redor e assim poderá se relacionar com tudo em um nível intenso. Isso significará que você está se conectando ao nosso planeta Terra … mas também ao próprio Universo.

Afinal, como disse Carl Sagan , ” Somos todos, cada um de nós um pequeno universo”.

Karen Padilha

Publicado em

Quem olha para fora, sonha; quem olha para dentro, acorda. “A energia da mente é a essência da vida”.

Aristóteles disse que “a energia da mente é a essência da vida”. Ilchi Lee, célebre autor sul-coreano conhecido por seu trabalho em conectar a mente ao corpo, acreditava que “a sensação de energia se expande com o aumento do relaxamento.

“Homem: um ser em busca de significado”-Platão

A energia que flui por todo o nosso corpo é tão incrivelmente poderosa, que muitas vezes pode ser muito difícil de ser controlada. Mas a primeira coisa que você deve se perguntar antes de começar essa jornada rumo à auto-aceitação e a realização de um forte fluxo de energia é o que exatamente é “energia”?

Muitas pessoas acreditam que, com toda honestidade, tudo no mundo e além dele é uma forma de energia. Houveram muitos cientistas que estudaram o tema da energia e chegaram a várias conclusões: Existem certas formas de energia que não estão sob nosso controle, mas o desenvolvimento de nossa própria energia é definitivamente algo que podemos controlar.

Nossa energia é uma aura da nossa pessoa e como administramos seus poderes é um reflexo da nossa personalidade. Essa aura é composta de numerosos pensamentos e emoções, e eles vibram através do nosso ser físico.

O cerne da nossa energia interior reside no centro do nosso peito e chama-se o Chacra do Coração. 

Essa fonte de energia no centro de nossos corpos é algo que, como seres humanos, devemos aprender a controlar, como se tivéssemos sucesso em fazê-lo … teríamos a capacidade de criar uma energia positiva em nosso entorno e dentro de nós mesmos.

Pode ser extremamente fácil levar essa fonte de energia central para a frente, evitando que você fique em pé e veja o mundo ao seu redor de uma perspectiva aberta.

É por isso que temos que treinar nossos corpos e a nós mesmos para controlar a tentação de trazer essa fonte de energia para baixo, criando efetivamente a sensação de que estamos olhando para baixo, em vez de para fora.

Quando você se eleva acima da sua identificação física do corpo, coração e mente, você entra no campo de energia e vibrações.

Se você puder realizar essa técnica onde você muda sua energia física de uma maneira positiva, você sentirá a mais pura forma de energia em qualquer tarefa diária que esteja fazendo. Isso inclui caminhar, comer, sentar, exercitar e trabalhar.

É importante entender que você não pode mudar como você se adapta imediatamente à sua energia, isso requer treinamento prático e diário.

No entanto, quanto mais você canalizar seus pensamentos e suas emoções nas formas que vou descrever , maior a probabilidade de você viver uma existência feliz e positiva.

Um exterior positivo pode definitivamente ser alcançado quando alcançamos o objetivo de ter um interior positivo. Centrar sua energia limpará seu corpo, seu coração e sua mente e formará um círculo de proteção invisível, mas muito presente, em torno de seu corpo.

Quanto mais você controlar sua energia de uma maneira particular, maior e mais protetora ela se tornará, o que significa que você se torna mais confiante quando se trata de lidar com as vibrações negativas em seu ambiente. Este sucesso expandirá seu campo de energia interior!

Para criar seu próprio campo de energia, você precisa adotar um processo que irá purificar e desintoxicar a negatividade de sua vida.

Há uma variedade de maneiras pelas quais você pode começar a incorporar técnicas poderosas de estimulação energética e, se as adotar, perceberá uma mudança imediatamente.

Por exemplo, sua saúde é muito importante, então você deve tentar não sobrecarregar seu corpo com alimentos que farão você se sentir pesado ou letárgico em sua contravenção.

Quanto mais leves nos sentimos em nossos corpos e em nosso espírito, melhor nos sentiremos mentalmente, e o fluxo de energia dentro de nós se expandirá e deixará espaço para vibrações mais positivas e criará espaço para a energia interna fluir.

Uma próxima coisa que tentarei explicar é incrivelmente importante e algo que você precisa realmente pensar depois de ter lido e entendido a sua importância.

Você precisa se certificar de liberar completamente seu coração de qualquer sentimento, emoção ou sentimento que possa estar se apegando ao passado, presente e futuro, e você precisa tentar libertar-se para permitir que essa energia positiva seja afetada naquele momento, então você pode crescer e começar a aceitar qualquer coisa que possa estar causando um fluxo negativo de energia em seu corpo.

Sua energia espiritual precisa respirar e se mover livremente dentro de você, então, agarrar-se a momentos e pensar neles de forma negativa impedirá que você avance.

Geralmente as maiores preocupações que temos são sobre coisas que aconteceram no passado ou que pode acontecer no futuro. 

No entanto, quando se trata do passado, se você não deixa as coisas acontecerem e diz a si mesmo que o passado deve permanecer lá e não afetar sua vida neste momento, então você não está deixando espaço para aproveitar os momentos que se apresentam em seu presente.

O que você precisa para se treinar é chegar a um estado em que você está quase em um “estado sem mente”, o que requer muita prática e pode não ser fácil, mas é algo que só vai te beneficiar por mais e mais tempo.

No entanto, depois de ter tomado tempo para desenvolver esse estado de espírito, você será capaz de liberar sua energia espiritual interior, o que o levará a uma existência robusta e recompensadora. Você então desenvolverá uma compreensão de como processar a vida e alinhar sua energia com esse processo.

A natureza do seu processo de pensamento está profundamente ligada à nossa realidade física, que pode ter um efeito direto em nossas carreiras, nossas vidas amorosas, nossa saúde e nosso nível de sucesso.

Para alcançar a melhor energia positiva e vibrações dentro de nós, devemos abraçar a meditação.

A meditação nos permite silenciar nossas mentes e nos coloca em um lugar que nos ajuda a permanecer calmos e felizes. Se concentrarmos nossas mentes, podemos começar a experimentar a paz interior durante momentos de dificuldade ou turbulência. Com a meditação, podemos entender melhor o propósito de nossa vida.

A coisa mais importante que você precisa considerar ao meditar, é ter certeza de que está em um ambiente que o deixa feliz quando você está tentando criar um estado mental positivo.

Limpar sua mente e pensar em algo especial que lhe traga alegria, ou seja, um lugar, uma memória, uma pessoa ou um evento em sua vida, isso significa que você será capaz de parar de se sentir estressado durante momentos em que está se sentindo insatisfeito, é nesses momentos que você considera e relembra seu “lugar feliz” e que lhe traz conforto.

Neste momento você deve estar se questionando sobre como usar a meditação para melhorar sua vida e alcançar a melhor energia positiva.

Vou deixar um passo a passo de como fazer isso.

Em primeiro lugar, você deve encontrar um espaço pessoal que o relaxe, onde você se sinta em paz e tenha um ambiente que o ajude a realmente se concentrar em si mesmo. Quanto mais confortável você estiver no seu espaço escolhido, mais à vontade você se sentirá quando terminar de meditar.

Certifique-se de se sentir limpo e ter uma sensação de vitalidade para que seu corpo se sinta fisicamente fresco e forte durante sua sessão de meditação.

Torne seu ambiente aromático e espiritual, por exemplo, você pode optar por escurecer as luzes e ter velas ou colocar música relaxante. Isso ajudará você a se envolver com suas emoções em um nível mais profundo e consequentemente sentir-se tranquilo.

Certifique-se de completar sua meditação durante um momento que é quando você se sente mais forte e mais alerta, pois você precisa ter a certeza de que está totalmente concentrado no momento.

Ao sentar-se e começar seus exercícios, concentre-se realmente em algo que faça você se sentir seguro e mantenha esse pensamento em sua mente e use esse tempo para estar em sua maior tranquilidade.

A respiração facilita muito para entrarmos em um estado de meditação. Você inspira profundamente pelas narinas e solta lentamente pela boca. Faça isso por quanto tempo você sentir que está começando seu processo.

Ao meditar podemos encontrar respostas que ha muito tempo procurávamos mas não tínhamos o conhecimento de que as mesmas estariam dentro de nós.

Quem olha para fora, sonha; quem olha para dentro, acorda.

Quando meditamos, nos conectamos com nosso eu superior, com quem somos verdadeiramente.

Karen Padilha
Publicado em Deixe um comentário

Às vezes, a única coisa verdadeira num jornal é a data. Luis Fernando Verissimo

Hoje vou escrever sobre a hipocrisia das pessoas, do mundo, da humanidade em geral.

Em pleno século XXI,  a nova  ”modinha” das pessoas é falar e tentar mostrar que sabe tudo sobre energia, sobre universo, Buda, lei da atração, lei da causa e efeito, das teorias de grandes filósofos que tentaram desvendar os mistérios da nossa vida terrena, embora nenhum tenha conseguido esclarecer de uma vez por todas e será sempre um mistério. 

Não podemos negar que seus trabalhos foram maravilhosos e contribuíram muito para a evolução da espécie humana.

Mas o que estou mesmo pensando é que são tantas pessoas falando neste assunto que todos querem impressionar, (enganando), aos outros e a si mesmo tentando mostrar que entende do assunto e que é capaz de dar conselhos, de se comparar à grandes mestres que realmente sabem de tudo.

A hipocrisia das pessoas é tão grande, a mesquinhez das pessoas é miserável. 

Virou moda.

É legal.

Impressiona.

Ganha likes no instagram e nas redes sociais.

Ganha seguidores.

Engana.

Alimenta o ego.

Porque virou moda é preciso tentar demonstrar que está a par dos assuntos.

Mostrar a sua verdadeira essência é ridicularizado.

Mostrar a sua máscara propagando falso amor, falso conhecimento, falsa compaixão, falsa gentileza , virou admiração porque são poucas as pessoas que têm coragem de ser quem é de verdade independente dos valores morais impostos, da opinião das outras pessoas e quando digo que são poucas as pessoas corajosas é porque realmente são. Quem quer ser ridicularizado? .

Essa resposta eu tenho : EU.

Por muitas vezes já pensei que eu fosse uma dessas pessoas com essas características ruins que citei acima, e para falar a verdade, eu já fui. 

Já menti quem eu era, fingi ter conhecimento, falso amor, enfim tudo que descrevi acima. Se sinto vergonha de um dia ter sido assim?, sim.

Me lembro das vezes que tive de mentir para ser aceita em grupinhos, mentir aonde morava, que tinha dinheiro, que era de família e muita coisa e sinto muita vergonha, porque nada mais miserável do que ter que mentir nossa essência e no momento em que estamos fazendo isso ter vergonha de ser quem somos.

Somente por este motivo sinto vergonha e me arrependo embora a vida tenha me dado a dádiva da escolha de poder ter mudado e ser uma pessoa diferente .

Amigos, sinto que o mundo está cada vez mais sendo seguido por regras de pessoas que não sabem nada, e por este motivo outras pessoas que não conseguem entender que estas não sabem o que estão fazendo acabam seguindo os mesmos passos.

Todos queremos reconhecimento, mas temos que trabalhar duro para isso. Particularmente, ano passado eu fiz alguns cursos em áreas de meu interesse para me ajudar a compreender mais minhas questões existenciais. Fiz esses cursos por um site de cursos on-line chamado , ” Coursera”, lá você encontra milhares de cursos grátis e também pagos que são comandados por universidades muito boas, para ter seu certificado é preciso pagar. 

O curso é como qualquer outro curso on-line, vários vídeos, pesquisas, provas, testes finais e etc.. 

Eu finalizei e cursos e tenho os certificados com grade final muito boa, foram todos em inglês e isso melhora um pouco. Quando terminei esses cursos me senti a pessoa mais incrível do mundo, com certificados e tudo mais.  Hoje tenho consciência de que é preciso muito mais. 

Todos tentamos nos auto-sabotar e seguir o fluxo da sociedade, mas a coisa mais preciosa que podemos fazer é SERMOS DE VERDADE.

”As verdades diferentes na aparência são como inúmeras folhas que parecem diferentes e estão na mesma árvore.” Mahatma Gandhi

Karen Padilha

Publicado em Deixe um comentário

A vida é a arte dos encontros, desencontros e reencontros. Tom Coelho

Preciso me reencontrar, me reconectar com meu ser maior, minha consciência, minha alma.

Me pergunto, quando foi que eu deixei de ser eu mesma?

De desacreditar no meu propósito maior?

No amor que tenho para compartilhar com o mundo?

No amor que eu tenho por mim mesma?

No amor que as pessoas têm por mim?

Quando foi que deixei de acreditar que não sou merecedora do amor de ninguém?

De acreditar nas minhas qualidades, nas minhas palavras, no meu poder por intermédio da escrita de ajudar e motivar as pessoas a serem melhores e superarem os obstáculos ?

Em que momento eu deixei de reconhecer aquela menina que escrevia com o coração cheio de amor e gratidão por poder estar fazendo isso e acreditar que ajudaria pessoas?

Me pergunto, quem é ou era essa pessoa?

Ainda sou essa pessoa?

Como entender o que aconteceu?

Acredito na vida, e como disse um grande sábio,  ” A vida é a arte do encontro, embora haja tanto desencontro pela vida.” Vinicius de Moraes

Não existem palavras que expressem melhor este momento em que estou vivendo de totalmente desencontro comigo mesma, embora eu acredite que isso seja um curso natural da vida. Precisamos nos desencontrar em um determinado tempo, o tempo certo, para que tenhamos a capacidade de nos reencontrarmos da forma mais linda e verdadeira possível. 

A vida é e sempre será um grande mistério para mim, estarei sempre questionando e tentando entender o porque de tudo. 

Tentando entender as pessoas, seus comportamentos, porque se comportam assim, qual o propósito e onde chegaremos .

Escrevendo essas linhas agora, seguindo o conselho de um Terapeuta Transpessoal com quem fiz uma consulta hoje, pude encontrar vestígios da garota que era e ainda sou. Preocupada com as pessoas, em fazer o bem, em ajudar as pessoas e o mundo, uma garota questionadora que não desiste do que quer por mais que os caminhos levem a desistência. Por muitas vezes penso em desistir, rezo para que Deus me leve e acabe com as dores emocionais que sinto e todas as dificuldades, mas que grande besteira fazer isso. 

É preciso coragem para não desistir, isso é muito fácil. 

Quando comecei esse texto muitas questões fiz a mim mesma, e ao decorrer da escrita, pude responder alguma delas e acreditar na pessoa que sou e no que realmente quero.

É normal não conseguir ser positiva o tempo todo, ninguém é de ferro, pensamentos ruins passam pela nossa cabeça, emoções também, mas como acabei de falar , eles ”passam”, e isso é o mais importante. 

Tudo passa e as coisas sempre voltam a brilhar novamente. Podemos pensar e acreditar que nossa fé acabou, que estamos perdidos, mas algo dentro de nós, no mais profundo do nosso ser está esperando para termos a coragem de acessarmos isso e recomeçar mais forte que nunca. 

Nunca nos perdemos completamente e para sempre. 

Sempre teremos a chance de nos reencontrarmos e nos reconectarmos e buscarmos o autoconhecimento para buscar uma vida melhor e sermos pessoas melhores.

É preciso encontrar as coisas certas da vida, para que ela tenha o sentido que se deseja e isso tudo está dentro de nós esperando para ser descoberto.

Karen Padilha

Publicado em 1 comentário

Exercícios para aprender a manusear emoções .

A Psicologia Positiva tenta nos explicar como nossas emoções nos afetam não só mentalmente, psicologicamente, interiormente , mas também na nossa saúde, corpo e disposição.

Pelo que aprendi até agora em um curso que comecei hoje ela nos diz que as emoções negativas consistem em tentar remover do nosso interior aquilo que é ruim de uma vez por todas e as emoções positivas consiste em aprender o que lhe é ensinado e adicionar mais conhecimento ao longo da vida.

Ela nos convida a fazer um exercício de volta no tempo, em algum momento em que você tenha vivenciado alguma emoção negativa. Aonde você estava, com quem estava, o que estava fazendo, o que aconteceu e o mais importante como você se sentiu naquele espaço de tempo, como seu corpo reage relembrando disso e como você reagiria novamente agora, porém de uma forma positiva.

Esse exercício também pode ser feito relembrando momentos e emoções positivas e revivê-los, observar como seu corpo reage, seu rosto, seus sentimentos, quais emoções sente novamente e o que faria se pudesse estar naquele momento agora.

Isso nos possibilita fazer uma mudança positiva naqueles momentos que não nos foram bons e poder sentir novamente os que foram. Maior parte das pessoas optam por não voltar às situações em que vivenciaram experiências negativas por medo de sentir aquilo novamente, porque não querem, mas isso é essencial para que possamos aprender a mudar as situações à nosso favor.

Abaixo citarei 10 emoções positivas que nos ajudam a mudar situações negativas:

1- ALEGRIA 

2- GRATIDÃO (IMPORTANTÍSSIMA)

3- SERENIDADE

4- INTERESSE 

5- ESPERANÇA

6- ORGULHO

7- DIVERSÃO

8- INSPIRAÇÃO

9- MOTIVAÇÃO

10- AMOR

Essas 10 emoções que citei se lembradas todos os dias podem ter uma força de cura para emoções negativas inimaginável .

No exato momento em que lhe vier algum sentimento negativo que você remete a uma emoção também negativa, rapidamente troque por uma positiva, pode ser uma das que citei ou qualquer uma de sua escolha.

Meu conhecimento sobre Psicologia Positiva ainda não é alto, mas ela nos ajuda a entender que podemos substituir nossas emoções, que podemos mudar a forma como sentimos e reagimos, que temos esse poder e que isso é uma qualidade que a vida nos deu.

Todos os dias passamos por provações aonde múltiplas emoções são colocadas em jogo. Ao final de cada dia, tente tirar nem que seja 5 minutos para escrever em um papel quais tipos de emoções você sentiu durante o dia, calcule se foram mais positivas ou negativas, sinais de que se forem mais positivas você esta caminhando em direção ao que quer e esta aprendendo a manusear suas emoções, ao contrário disso , se forem mais negativas, precisa trabalhar mais.

Esse é um trabalho que vale muito a pena e que levaremos eternamente.

Karen Padilha