FRAGMENTO DA ÚLTIMA CARTA DE EINSTEIN À SUA FILHA LIESERL ! O AMOR… Quando propus a teoria da relatividade, muito poucos me entenderam, e o que lhe revelarei agora para que o transmita à humanidade,

Eu escolho você por uma razão ainda não descoberta, só sentida! Razão que me fez ver que você traz para mim alegrias e esperanças. Eu escolho você por entender os meus medos. Escolhi, pois minhas

Amor

Não quero alguém que morra de amor por mim… Só preciso de alguém que viva por mim, que queira estar junto de mim, me abraçando. Não exijo que esse alguém me ame como eu o

Pale Blue Dot

Desse ponto de vista distante, a Terra não pode parecer de qualquer interesse particular. Mas, para nós, é diferente. Considere novamente esse ponto. É aqui. É nosso lar. Somos nós.  Nele, todos que você ama, todos