Existe um preço para o amor?

Existe um preço para o amor?

EXISTE UM PREÇO PARA O AMOR? Quando amamos, investimos nossos sentimentos e todo o nosso ser e estamos dispostos a estar lá para a outra pessoa. Seja um parceiro, cônjuge, filho, um animal ou até nós mesmos, pagamos um preço ao nos doarmos desinteressadamente para manter essa pessoa segura e feliz. O amor é ser comprometido, leal e honesto, o que cria confiança e nos abre para sermos vulneráveis. Quando você confia em alguém, você dá seu coração a eles. Isso nunca deve ser feito em um relacionamento tóxico ou abusivo.

A honestidade é uma qualidade importante e não apenas uma via de mão única. Se uma pessoa não é aberta e honesta, mas age sorrateiramente, então ela não está pronta para você se entregar. Sua própria autoestima é valiosa e é importante que você cuide e nunca deixe que ninguém o desrespeite. O amor vale mais do que ouro ou prata e não tem valor monetário.

Desistir de sua vida de solteiro é um preço a pagar que pode ser gratificante e gratificante estar com uma pessoa que está tão disposta a ser um casal e respeitá-lo e ser um amigo. Vocês dois devem se ver como valiosos e valiosos e construir um relacionamento não na fantasia ou através de óculos cor de rosa. Quando a poeira baixar, você poderá ver com mais clareza e perceber que o investimento que você tem é precioso. É sobre dar e receber, não olho por olho. Aprender a falar e ouvir a outra pessoa e nunca dar um ao outro como garantido.

Infelizmente, isso nem sempre é o caso, e pode acabar antes mesmo de começar. Às vezes, em um relacionamento de longo prazo, a comunicação é interrompida e uma lacuna se alarga, que nunca pode ser reparada. O preço pago é tristeza e um coração partido. Às vezes, o preço pago é monetário, outras vezes é mágoa emocional, perda e sofrimento.

Se tratarmos as emoções um do outro como uma conta bancária, você pode sacar isso e possivelmente recomeçar devagar e aprender a cuidar um do outro e com maturidade e sabedoria reconstruir o relacionamento. Cada ato de bondade, gesto de amor vai para a conta bancária emocional. Toda vez que você se ignora, você está retirando de sua conta bancária emocional, o que pode levar a um saldo zero. Fazer mais depósitos do que saques é a situação ideal para se buscar.

Amar requer sacrifícios e compromisso e tempo e esforço que é uma jornada a ser desfrutada e memórias são feitas ao longo do caminho que unem uns aos outros. A estrada pode ser rochosa e esburacada e, como uma estrada real, você dirigiria mais devagar para não danificar seu carro. Você tenta evitar os buracos. Você cuida do seu carro e faz a manutenção dele regularmente, verifica os pneus etc., porque você não quer quebrar ou sofrer um acidente. Esta manutenção custa dinheiro, mas vale a pena a longo prazo. O mesmo nos relacionamentos, seu parceiro vale mais do que um carro e, ao contrário de um carro, você não o troca a cada poucos anos. As pessoas têm sentimentos, os carros não. Um carro pode lhe dar alguns bons anos, mas uma pessoa pode lhe dar uma vida inteira de amor e companheirismo. Então, o preço por amar é tratar um ao outro adequadamente e dedicar tempo e esforço e você recebe o que dá. Você deve ser um amigo para ter um amigo. Vale a pena, a longo prazo, sentir-se contente e tranquilo.

Olhe para a natureza, quantos animais acasalam para a vida e ficam uns com os outros e outros cuidam uns dos outros em grupos familiares. Quanto mais os seres humanos, como uma forma superior de inteligência, devem cuidar uns dos outros. Ter um coração cheio de amor é saudável e nenhum preço deve ser alto demais para se importar com o outro e consigo mesmo. Às vezes, o preço pode ser mágoa e tristeza quando perdemos alguém. A vida nunca é a mesma e é aqui que nossa espiritualidade pode nos ajudar e ter uma conexão com Deus e Jesus através da oração. Pode dar conforto durante nossos dias e noites solitários saber que o amor deles por nós nunca acaba.

Lembre-se de parar e cheirar as rosas e cada uma se nós é uma rosa. Estenda a mão para alguém em necessidade em vez de ir para dentro de nós mesmos e sentir pena de nós mesmos, olhe além e ajude outra pessoa com bondade, um sorriso ou um ato de bondade. Adote um animal de resgate, comece um jardim. Cada pequeno esforço pode resultar em um grande esforço e é nossa contribuição para curar uma terra ferida. Muitas pessoas iniciam um relacionamento e depois mudam de ideia, o que é doloroso.

Conheça sua própria mente e seja honesto. Diga um ao outro o que você quer e não o que você acha que eles querem ouvir. Não envolva o coração de alguém, depois os decepcione. Proteja seu próprio coração e emoções e não seja ingênuo e quando alguém se importa com você e está lá para você, o amor vencerá.

Deixe um comentário Cancelar resposta