Arquivo da categoria: alma

O Que é o Despertar Espiritual?

O Despertar Espiritual é o “despertar” do espírito de alguém. A palavra é comumente usada para denotar tanto a Era espiritual do Iluminismo, que abrange séculos, quanto a atual Era do Aquaticismo, que abrange décadas recentes.

No entanto, muitas vezes traduz muitos conceitos e termos budistas, principalmente bodhi, satori e kensho. Acredita-se que todas as coisas estão conectadas e, portanto, tudo acontece com uma relação de causa e efeito.

O Despertar Espiritual é o primeiro passo para a realização da totalidade do ser.

A palavra despertar espiritual pode ser derivada do conceito budista de bodhicitta, que significa literalmente “a alma iluminada”. Neste conceito, o despertar espiritual refere-se a tornar-se mais iluminado para alcançar a iluminação para si mesmo e para toda a humanidade. Também envolve tornar-se mais receptivo à verdade da vida e procurar eliminar os defeitos de sua alma que o impedem de ser feliz na vida. É possível desenvolver ainda mais esse processo de despertar espiritual participando de sessões de meditação. O propósito da meditação é treinar a mente e eventualmente transformá-la em um estado mais receptivo e compreensivo às lições da vida.

No entanto, é importante notar que o despertar espiritual não é uma questão simples. Mesmo que a pessoa inicie a prática da meditação e desenvolva a atitude e a disciplina corretas, ainda será muito difícil para ela remover todos os anos de falsos sinais e ilusões de sua alma. Assim, é preciso ter cuidado ao interpretar o desenvolvimento espiritual. O primeiro passo que deve ser dado é identificar e reconhecer os falsos sinais que podem atrapalhar o desenvolvimento espiritual. Então, deve-se tentar remover esses falsos sinais para finalmente alcançar um nível mais alto de consciência.

Em termos de despertar espiritual, não será nada fácil. Há sempre coisas que é preciso lembrar e manter em mente. Por exemplo, é importante tentar livrar-se dos reflexos ou emoções condicionados para que possa finalmente despertar para um novo nível de consciência. Esforço constante e perseverança são necessários neste caso.

Para tornar a experiência espiritual e emocional mais eficaz, é preciso garantir que a pessoa não se detenha no passado, mas sim olhe para o futuro. Ao fazer isso, a alma gradualmente se abrirá para os níveis mais elevados de consciência. Por outro lado, a pessoa que começa a meditar regularmente acabará se tornando mais consciente dos reflexos condicionados que podem bloquear seu caminho para a Alma. Assim, a alma começará a manifestar um nível mais alto de consciência espiritual.

Como mencionado acima, não existe um processo automático que possa levá-lo ao despertar espiritual. No entanto, existem certas etapas e estágios que podem ajudar uma pessoa a passar por esses estágios facilmente.

Esses estágios geralmente incluem: estar aberto aos acontecimentos ao seu redor, ter um forte desejo de ir em direção à espiritualidade e aceitar a realidade da vida como ela realmente é. Estar aberto aos acontecimentos ao seu redor e evitar o intelecto são dois dos primeiros passos para o despertar espiritual.

Feed desconhecido

Canalização de energias e tipos de mediunidades.

Canalização de energias e tipos de mediunidades. Canalizar é pegar energia, seja energia da força vital ou energia espiritual, e se tornar um canal para que a energia possa fluir através de você e as mensagens possam ser entregues ou a cura possa ser retransmitida. Um curador pode pegar a energia da força vital, como no Reiki Healing, e ajudar a direcionar a energia para outra pessoa para ajudar a aliviar os bloqueios dos chakras ou remover qualquer energia negativa que possa estar ligada à aura de uma pessoa.

Quando encontramos interrupções em nossas vidas ou passamos por traumas, muitas vezes podemos ter resíduos negativos que permanecem em torno de nossas auras. Às vezes, essa energia pode até causar bloqueios em um dos nossos principais centros de 7 chakras. Você pode pensar nisso como um cabo elétrico conectado a uma parede. Se você pegar o fio e dobrá-lo, você cortará o fluxo de eletricidade para alimentar sua lâmpada. Um pouco de energia pode passar, mas a lâmpada não funciona na capacidade ideal porque não está recebendo toda a energia que poderia estar recebendo.

Nosso corpo não é diferente se nos depararmos com um evento traumático, podemos nos desligar ou ficar bloqueados na região impactada. Se alguém encontra um relacionamento abusivo ou emocionalmente abusivo, o chakra do coração pode ficar bloqueado ou até mesmo fechado para que os sentimentos e emoções sejam fechados. Embora este seja o mecanismo de defesa do nosso ser físico para lidar com o evento, o bloqueio do chakra do coração pode afetar nossa capacidade de amar e ser amado no futuro.

Outra forma de canalização é quando um médium é capaz de canalizar seus guias espirituais ou um ente querido que já passou.

Existem vários tipos de médiuns:

Médiuns sensitivos

Estas pessoas são tão sensíveis que sentem a presença de espíritos, podendo reconhecer se são bons ou ruins e até mesmo suas características.

Estas pessoas produzem fenômenos paranormais de forma consciente ou inconsciente quando dominada por um espírito.

Médiuns clarividentes ou videntes

Conseguem enxergar claramente os espíritos através dos olhos da alma.

Médiuns audientes

São aqueles capazes de escutar os espíritos, sendo essa voz manifestada de forma interior ou exterior.

Médiuns da cura

São pessoas que possuem o grande dom da cura, através de um simples contato, ou olhar, sem passar nenhum medicamento ao enfermo. Este poder lhe é possível graças ao magnetismo que muitos não tem nem o conhecimento de possuírem ou do que se trata. Seu poder de atingir os níveis espirituais é tão grande que elas estabelecem a conexão para a cura geralmente através de preces muito profundas.

Médiuns Psicofônicos

Estas pessoas conseguem se conectar com o campo espiritual através do seu próprio espírito, cedendo sua voz para que as almas falem por seu intermédio.

Médiuns psicógrafos e suas derivações

São responsáveis de transmitir o desejo e pensamento dos espíritos através da escrita, eles se dividem em três categorias que se distinguem de acordo com a sua forma de recebimento espiritual.

Médiuns intuitivos

São médiuns que ao passar as mensagens dos espíritos psicografam de forma voluntária. Ele sabe o que está escrevendo, a alma do receptor recebe a mensagem do espírito e a transmite. O médium tem total consciência do que ele está redigindo, apesar de não ter controle do que será dito, há o domínio de suas ações e consciente.

Médiuns mecânicos

O movimento realizado na escrita não tem nenhum controle. A mão deste médium é totalmente dominada pelo espírito e ele age por sua vontade e por consequência ele também não possui consciência alguma do que está escrevendo ou acontecendo.

Médiuns Semimecânicos

São os mais comuns. Ele é uma mistura do médium mecânico e do intuitivo. Não possuem controle sobre o que estão escrevendo ou fazendo, nem de seus movimentos, mas possui consciência de tudo que está acontecendo.

Médiuns inspirados

Essa classificação é muito parecida com o do médium intuitivo, mas acontece que a pessoa recebe de forma espontânea uma mensagem do espírito e este se mistura aos seus próprios pensamentos e torna-se difícil de decifrá-los. Essas pessoas não são tão sensíveis para conseguirem se conectar como os outros, mas possuem a influência do mundo espiritual em sua vida.

Médiuns pneumatógrafos.

Dá-se este nome aos médiuns que têm aptidão para obter a escrita direta, o que não é possível a todos os médiuns escreventes. Esta faculdade, até agora, se mostra muito rara. Desenvolve-se, provavelmente, pelo exercício; mas, como dissemos, sua utilidade prática se limita a uma comprovação patente da intervenção de uma força oculta nas manifestações. Só a experiência é capaz de dar a ver a qualquer pessoa se a possui. Pode-se, portanto, experimentar, como também se pode inquirir a respeito um Espírito protetor, pelos outros meios de comunicação.

Conforme seja maior ou menor o poder do médium, obtêm-se simples traços, sinais, letras, palavras, frases e mesmo páginas inteiras. Basta de ordinário colocar uma folha de papel dobrada num lugar qualquer, ou indicado pelo Espírito, durante dez minutos, ou um quarto de hora, às vezes mais. A prece e o recolhimento são condições essenciais; é por isso que se pode considerar impossível a obtenção de coisa alguma, numa reunião de pessoas pouco sérias, ou não animadas de sentimentos de simpatia e benevolência.

Médiuns sonambúlicos.

Pode considerar-se o sonambulismo uma variedade da faculdade mediúnica, ou, melhor, são duas ordens de fenômenos que frequentemente se acham reunidos. O sonâmbulo age sob a influência do seu próprio Espírito; é sua alma que, nos momentos de emancipação, vê, ouve e percebe, fora dos limites dos sentidos. O que ele externa tira-o de si mesmo; suas ideias são, em geral, mais justas do que no estado normal, seus conhecimentos mais dilatados, porque tem livre a alma. Numa palavra, ele vive antecipadamente a vida dos Espíritos. O médium, ao contrário, é instrumento de uma inteligência estranha; é passivo e o que diz não vem de si. Em resumo, o sonâmbulo exprime o seu próprio pensamento, enquanto que o médium exprime o de outrem. Mas, o Espírito que se comunica com um médium comum também o pode fazer com um sonâmbulo; dá-se mesmo que, muitas vezes, o estado de emancipação da alma facilita essa comunicação. Muitos sonâmbulos veem perfeitamente os Espíritos e os descrevem com tanta precisão, como os médiuns videntes. Podem confabular com eles e transmitir-nos seus pensamentos. O que dizem, fora do âmbito de seus conhecimentos pessoais, lhes é com frequência sugerido por outros Espíritos. Aqui está um exemplo notável, em que a dupla ação do Espírito do sonâmbulo e de outro Espírito se revela e de modo inequívoco.

Médiuns falantes.

Os médiuns audientes, que apenas transmitem o que ouvem, não são, a bem dizer, médiuns falantes. Estes últimos, as mais das vezes, nada ouvem. Neles, o Espírito atua sobre os órgãos da palavra, como atua sobre a mão dos médiuns escreventes. Querendo comunicar-se, o Espírito se serve do órgão que se lhe depara mais flexível no médium. A um, toma da mão; a outro, da palavra; a um terceiro, do ouvido. O médium falante geralmente se exprime sem ter consciência do que diz e muitas vezes diz coisas completamente estranhas às suas ideias habituais, aos seus conhecimentos e, até, fora do alcance de sua inteligência. Embora se ache perfeitamente acordado e em estado normal, raramente guarda lembrança do que diz. Em suma, nele, a palavra é um instrumento de que se serve o Espírito, com o qual uma terceira pessoa pode comunicar-se, como o pode com o auxilio de um médium audiente.

Nem sempre, porém, é tão completa a passividade do médium falante. Alguns há que têm a intuição do que dizem, no momento mesmo em que pronunciam as palavras. Voltaremos a ocupar-nos com esta espécie de médiuns, quando tratarmos dos médiuns intuitivos.

 

Três passos fáceis para encontrar o propósito da sua alma.

Três passos fáceis para encontrar o propósito da sua alma. Estamos condicionados a acreditar que há apenas uma maneira de encontrar sucesso na vida. Nossa cultura nos diz que isso significa correr atrás de coisas como dinheiro, poder e fama. Mas e se você não quiser nada disso? E se você souber que o propósito da sua alma é algo diferente? Se sim, você não está sozinho. Na verdade, eu diria que a maioria das pessoas se sente assim lá no fundo, mas nunca recebeu permissão para perseguir o propósito de sua alma pela sociedade em geral.

Primeiro passo: pare de se comparar com os outros.

Pode ser tão fácil comparar nossas vidas e nós mesmos com aqueles ao nosso redor. Mas a verdade é que cada vida é diferente, e cada pessoa tem um caminho de alma único que só ela pode percorrer. É importante que você tire suas lentes culturais quando se trata desta etapa, porque o que mais importa não é como os outros estão vivendo suas vidas, mas sim quem VOCÊ é exclusivamente como ser humano!

Lembre-se – comparar-se com os outros só o levará ao caminho errado, em direção à confusão, raiva e tristeza. Todos nós temos algo diferente que trazemos para este mundo quando encarnamos, o que significa que não há apenas uma maneira de fazer as coisas ou alcançar o sucesso nesta vida.

Isso não significa que você deve evitar oportunidades de aprender com os outros ou até mesmo receber conselhos quando parecer útil, mas apenas que você deve parar de se comparar com eles. Você é linda, única e especial, e o propósito de sua alma também!

Passo Dois: Siga a Paixão da Sua Alma.

Tenho certeza que você sabe o que quero dizer com paixão – aquela coisa que faz seu coração bater mais rápido e o tempo parece parar sempre que você está no meio de fazê-lo! Agora, encontrar algo assim nem sempre é fácil porque nossa cultura nos condicionou a não seguir nossas paixões, por medo de que possam ser impraticáveis ​​ou fontes de renda improváveis.

Aqui está um segredo sobre como seguir sua paixão: não importa quanto dinheiro isso trará para sua vida: se perseguir tal atividade parece errado no fundo, então é um sinal de que você está no caminho errado. Na verdade, há muitas pessoas que decidem seguir sua paixão, independentemente de trazer ou não renda, e adivinhem? Eles são muitas vezes as pessoas mais felizes ao redor!

Terceiro Passo: Busque o propósito de sua alma enquanto se diverte fazendo isso.

Este passo tem tudo a ver com equilíbrio. Veja bem, quando nos distanciamos demais do propósito de nossa alma, a vida começa a parecer uma tarefa árdua, e não uma aventura emocionante cheia de possibilidades. Isso não quer dizer que não haja momentos difíceis todos os dias – apenas que se você está perseguindo sua paixão enquanto se diverte, mesmo esses desafios podem ser vistos como oportunidades de crescimento, em vez de coisas a temer quando eles suba!

Para resumir, gostaria de compartilhar com você as palavras de Sócrates que ficaram comigo desde a primeira vez que as encontrei anos atrás:

“A vida não examinada não vale a pena viver.”

É hora de todos nós pararmos de tentar viver o sonho de outra pessoa e começarmos a explorar o nosso! Você pode percorrer um longo caminho para encontrar o propósito de sua alma, apenas adotando esses três passos listados acima – é mais fácil do que você pensa!

Não importa se algumas pessoas levam mais tempo do que outras – o que mais importa é que estamos nos movendo em direção a algo mais significativo de qualquer maneira que faça sentido para cada um de nós individualmente. E lembre-se – não existe uma escolha ou caminho certo; apenas o seu caminho de alma único mais adequado apenas para você!

Qual é o seu propósito?

Qual é o seu propósito? Esta pergunta é obrigada a passar por todas as nossas mentes em algum momento da vida. Agora eu gostaria de explorar esta pergunta que todos nós temos para que você tenha uma ideia do que propósito pode significar, qual é o seu propósito para ajudá-lo nas escolhas que você faz na vida. Vamos começar.

Alguns acreditam que todos nós temos um propósito de alma. Outros acreditam que temos muitos propósitos para a vida, e alguns acreditam que não há propósito divino que a vida seja simplesmente o que fazemos dela à medida que cada dia chega e se desenrola. Agora, todos os itens acima de fato são verdadeiros. Agora, você já chegou ao ponto em sua vida em que acabou de pensar que isso é realmente quem eu sou? É a isso que minha vida chegou? será sempre assim? Por que eu sinto que há algo maior lá fora esperando por mim você já sentiu isso antes?

A razão pela qual você pode ter sentido essas perguntas antes é porque sua intuição o guiou por toda a sua vida, essa alma interior, essa luz interior sempre o guiou, cada esquina que você vira, cada decisão que você toma veio na maior parte do tempo. dentro de. E quando você se sentir assim e questionar seu propósito, não leve isso tão de ânimo leve, é importante ouvir a si mesmo.

Eu tinha uma amiga perto do meu coração que por muitos anos trabalhou em um emprego que ela achava que amava. Um trabalho que ela adorava, que pagava bem, que era um trabalho que muitos nunca teriam a oportunidade de ter na vida. E a maioria pensaria que ela estava muito feliz. Mas por que, ela sempre sentiu que havia um buraco em seu coração, uma peça que faltava em seu quebra-cabeça. Isso porque houve. Ela não estava preenchendo seu coração, mas estava preenchendo sua mente com a ideia de felicidade. Seu maior erro foi mesmo esse.

No momento em que minha amiga começou a perceber que seu coração não estava cheio, ela começou a buscar o propósito de sua alma. E não foi difícil de encontrar. Seu propósito de alma é o que mais lhe traz alegria, é a única coisa que pode encher seu coração de felicidade e completar seu quebra-cabeça. Para ela foi ajudar os outros, ela sempre teve um coração tão bondoso e decidiu dedicar sua vida a trabalhar para famílias e crianças infelizes em países muito pobres ao redor do mundo. No momento em que ela começou a fazer isso, foi o momento em que ela se tornou a pessoa mais feliz que já foi. Claro que ela descobriu desde então muitos outros propósitos, apenas destrancar aquela porta inicial.

Ela salvou muitas vidas, vestiu, alimentou crianças, construiu casas, aldeias, deu amor, conheceu pessoas que mudaram sua vida, ensinou-lhe lições, a lista continua e continua até hoje. A amiga que eu tinha eu sempre amei, mas sempre soube que ela não tinha encontrado seu propósito na vida, no dia que ela encontrou eu senti isso dentro dela antes que ela dissesse qualquer coisa. A mudança na energia de sua aura, ela estava emitindo felicidade para mim e para o mundo antes mesmo de falar. Agora esse era o propósito dela, e talvez o seu seja o mesmo, ou pode ser bem diferente. Seja qual for o seu, ele está esperando por você e quando você encontrá-lo como meu querido amigo, sua vida mudará.

Seu propósito não precisa ser grande, não precisa ser uma grande mudança na carreira ou na vida, pode ser uma pequena mudança interior, pode muito bem ser um hobby, ou algo tão simples como você sendo professora de alguém que precisa de orientação na vida, muitas pessoas que conheci me dizem que seu maior propósito é ser Mãe na vida. Tudo isso, não importa o que sejam, se forem para você, eles lhe trarão grande alegria, isso é tão forte que você saberá.

Então, o que você está esperando? Por que viver uma vida meio cheia, por que não descobrir seu propósito na vida, perseguir seus sonhos, fazer o que puder para chegar lá, e se você se sentir confuso e inseguro sobre qual é o seu propósito, tire algum tempo em um lugar tranquilo e ouça para si mesmo, ouça a essa voz esse sentimento dentro dela, porque isso sempre o guiará para o seu propósito.

Pode não ser hoje, pode não ser amanhã, você pode não encontrar seu propósito na vida por muitos anos para venha, mas quando o fizer, estará no seu ponto mais feliz da vida, e esse é um lugar onde todos merecemos estar.

Olhe para dentro de sua alma.

Olhe para dentro de sua alma.

Seja destemido na busca do que incendeia sua alma!
Tudo o que você procura já está dentro de você.
Está impresso no fundo do seu DNA.
Tudo o que você precisa para passar por esta existência humana está bem ali.
É fácil para você acessá-lo a qualquer momento.

Então, o que está impedindo você de explorar toda a sabedoria e conhecimento interior que lhe foi dado?
Por que você tem medo de ir mais fundo dentro de sua alma e destrancar a porta da infinita possibilidade que é a porta de entrada para o conhecimento sagrado?

Você sabe que tem a chave dentro de si para destrancar todas as portas, mantendo todo potencial dentro de sua alma.
Você é a chave para descobrir a essência de sua verdadeira origem.

Como meus anjos sempre dizem: “A meditação é a chave para o nosso desenvolvimento”, porque eles sabem que as respostas que buscamos são profundas em cada um de nós. Quando meditamos, há uma oportunidade de habitar dentro, descobrir a alma e ouvir a voz do espírito.

Quando muitas vezes nos sentimos perdidos e confusos, procurando respostas em todos os lugares, nos esquecemos de olhar para dentro, quando o tempo todo, a verdade simples é que VOCÊ É A CHAVE para desbloquear todas as respostas para as perguntas da vida.

Existe uma antiga ‘biblioteca’ de informações armazenadas em sua matriz de alma, esperando para ser descoberta e, tudo o que você precisa fazer, é imaginar um livro grande e bem encadernado dentro, com páginas douradas totalmente intocadas pelo tempo, que estava esperando apenas para você, por mil vidas e, é sua herança que mantém a sabedoria das eras.

Enquanto você segue seu caminho nesta vida, o livro muitas vezes acumula poeira – veja isso como uma metáfora da identidade espiritual que você mantém, se quiser – e lembre-se de que ele quer muito que você o alcance e abrace seu direito de nascença.

Então, o que você está esperando?

Feche os olhos e relaxe.
Encontre um lugar tranquilo onde você não se distraia.
Entre em meditação e concentre-se em sua respiração.
Permita que sua mente encontre um lugar tranquilo e pacífico dentro de si e contemple profundamente a pergunta que você gostaria que fosse respondida.

Agora visualize um grande livro dourado aparecendo na sua frente e permita-se sintonizar seu eu interior, ou “livro do conhecimento antigo”.

Não duvide do que você ouve e sente, pois vem do espírito.
Você pode praticar isso algumas vezes até se sentir mais confortável com a experiência e, com o tempo, achará mais fácil ouvir sua própria voz de Sagrados Anjos Guardiões orientando-o em direção a uma revelação pessoal que pode mudar sua vida.